Notícias Cultura

Concerto de violões comemora aniversário de 30 anos da cidade

Concerto de violões comemora aniversário de 30 anos da cidade

Um concerto de violões vai comemorar o aniversário de Engenheiro Coelho n quarta-feira (19). Devido a pandemia, o concerto acontecerá de forma on-line e terá transmissão através do facebook oficial da prefeitura. Esse é um presente para a cidade pela comemoração dos 30 anos e não teve custo ao município.
Violões Artes Trio (VAT) tem sido indicado como um dos mais importantes trios de violões da atualidade, tanto pelo alto nível de seu trabalho camerístico, como por sua importante contribuição para a ampliação do repertório.
Com estreia em 2010, sendo a formação atual com Pedro Cameron, Welton Nadai e Priscila Giusti, o trio vem inserindo obras originais e arranjos irreverentes, que surpreende pela afinidade sonora introspectiva e grande expressividade, levando às salas de concerto um alto nível artístico e musical.
Do seu repertório constam obras escritas originalmente para trio de violões, bem como transcrições e arranjos especialmente elaborados que navegam por diversos compositores e períodos da música, atravessando entre o popular e erudito para formar um programa agradável e de alcance não só dos ouvidos já iniciados, mas sobretudo, ao público não habituado a ouvir música erudita e consequentemente menos afeito às salas de Concerto.
Os violonistas gravaram em 2012 o CD “Violões Artes Trio” que foi muito bem aceito pelo público, como sendo um trabalho de sonoridades encantadoras, com virtuosismo, entusiasmo, e performances de sincronização excepcional, e ao mesmo, espontâneas.
 
O Programa
O programa apresentado evidencia os grandes compositores do universo musical das salas de concerto, sendo bastante abrangente e diversificado, podendo destacar a música galante de Leonard Von Call, executada sempre com claridade, simetria e equilíbrio, como pede o período clássico. O charme, leveza e otimismo de Luigi Boccherini e o gingado dos ritmos acalorados da música latina do cubano Ernesto Lecuona fazem um contraponto com temas que já estão há muito enraizados na cultura popular como “La donna e. mobile”, da ópera “O Rigoletto” de Giuseppe Verdi, e a “Serenata” de Franz Schubert com sua profundidade, força e momentos sublimes de beleza melódica.
Heitor Villa Lobos ingressa com suas texturas fascinantes, linguagem própria e audácia criativa, sem esquecer dos europeus Johannes Brahms, compositor de grande expressão folclórica e Johann Strauss, onde o trio apresenta uma esplendida transcrição completa do Danúbio Azul, enaltecendo toda a magia e beleza da famosa valsa vienense.
 
Serviço
A apresentação vai acontecer na quarta-feira (19), as 19h.
Transmissão pelo facebook oficial da prefeitura de Engenheiro Coelho
 

Será que eu estou com Dengue Doutor?

A Juliana chegou ao consultório médico totalmente abatida – tadinha, estava muito mal! JULIANA: “Doutor, todo o meu corpo está ...